3 de nov de 2013

nós dois



Você admira minha liberdade e eu admiro a sua capacidade de se apaixonar de novo. Eu deixarei você ir e partirei pra outro caminho porque é assim que tem que ser. Nós amaremos outras pessoas, nos dedicaremos a elas e nossa história será uma história que teve amor e ainda tem. E essa não é mais uma carta de despedida porque eu jamais irei embora, assim como você jamais irá por completo. Quando dissemos um ao outro eu te amo e sempre amarei, logo hoje, sem nenhuma necessidade de que isso seja dito é porque é verdade ou porque queremos que seja. Que seja! Mesmo que não sejamos nunca mais um casal que todos falam que combinam perfeitamente, mesmo que não tenhamos daqui pra frente os mesmos planos, nós combinamos perfeitamente nisto: sabemos que tivemos sorte em nossos caminhos terem se cruzado, sabemos que não durou pouco, sabemos que terminou no pico, sabemos que tudo muda. Sabemos que há mais amores pra viver do que sonha a vã filosofia dos outros. Sabemos de nós dois.

Nenhum comentário: