30 de jun de 2012

Amanda

Re: (sem assunto)

Eu não diria que me arrependo. Diria que a minha insistência nas pessoas me faz perder tempo. Mas eu sou passional mesmo, desde pequenininha. Se meu coração está desesperadamente apertado, eu choro, eu ligo, eu escrevo um milhão de coisas pra tentar pôr pra fora toda a minha angústia e fico esperando uma resposta plácida de abraço apertado e amor dedicado que nunca vem. Anderson falou que é por causa do meu signo. Deve ter algum motivo no signo dele também que explique tudo isso.
Depois de muito tempo, fico cansada, morrendo de saudades, mas desistindo dele e optando por mim. Não digo que fico feliz enquanto me recolho, mas certamente não enlouquecerei com enlouqueço quando o deixo ficar perto demais. Fico mesmo com a idéia fixa de que amar/ser amado é uma necessidade básica. Quando você está/é, pode aspirar e ser qualquer outra coisa que queira. Mas não precisa ficar preocupado comigo, amigo. Eu juro que, apesar das lágrimas, estou bem.

um beijo,

Amanda.

Nenhum comentário: