15 de abr de 2011

dito popular



O amor é cego
E cego não lê cartas
Cegos lêem em braile
Com mãos e dedos, tato.
Cegos ouvem música, mas não lêem blogs
Cegos não percebem poema escrito
Mas podem ser poetas, apesar
O amor é cego, dito popular

12 de abr de 2011

áries

Não sei se pelo olhar ou pelo beijo ou pelo sorriso ou pela cara de aborrecido ou pelo jeito de mexer nos cabelos ou pela franqueza ou ainda por dançar tão bem. Não sei se pela intrepidez ou pelas histórias da adolescência ou graças ao elemento fogo ou por causa da racionalidade ou pelo charme ou ainda por ficar tão bem de vermelho. Não sei bem, se é a barreira ou a proximidade ou o passado ou o jeito como chama meu nome ou por causa dos sonhos que tenho ou por acreditar em amor à primeira vista ou simplesmente por sentir o meu coração bater forte quando o vejo. Não sei se por ter me tirado do eixo ou por ter me equilibrado ou por ter desfeito meus planos ou por não ser perfeito ou por ser perfeito. Não sei porque mexe comigo, mas o faz como ninguém mais.